Desafio 6. suicídio

continuar o nosso 8 Mentais Desafios de Saúde, neste mês de outubro, Saúde Mental Mês Dia, em que o tema deste ano no qual a consciência é tentativas de suicídio.

o suicídio, como qualquer manifestação de violência, Não é exclusivo de doença mental. Ao contrário, são atos bastante frequentes entre as pessoas que não têm reconhecido qualquer doença mental.

O suicídio é um problema de saúde muito importante. Estima-se que existem cerca de um milhão de suicídios por ano em todo o mundo e que para cada suicídio consumado existem entre 15 uma 20 suicidios no consumados, lo que resultaría entre 15 e 20 millones de tentativas de suicidio anuales. Estas escalofriantes cifras nos dan una idea de la importancia de este fenómeno en todo el mundo.

En todos los países del mundo el suicidio está entre las dez principais causas de morte. Nos países onde é mais prevalente EUA, Canadá, Japão, Norte e Europa Oriental é de cerca de 11,6 suicídios por 100.000 habitantes e América Latina é a 5,6 por cien mil habitantes.

Los hombres se suicidan tres veces más que las mujeres, pero éstas hacen tres veces más tentativas que los hombres. El riesgo de suicidio aumenta con la edad pero en números absolutos hay más entre los jóvenes.

Podríamos decir que los colectivos de riesgo son la adolescencia, las personas mayores, las personas frágiles o en periodos vitales de crisis, las personas sometidas a situaciones de extrema exigencia, las personas con enfermedad mental y entre estos las personas con depresión, esquizofrenia y las personas que consumen sustancias tóxicas. Porém, O suicídio não é um ato de doença mental, mas podem estar presentes em qualquer pessoa.

O suicídio é um radical e desproporcionalmente para escapar quando estas dificuldades são experimentadas com desespero e incapacitação ou são experimentadas quando a geração de uma quantidade intolerável de angústia, do exterior ou da pessoa. Uma forma ou outra, Ele está sempre presente o outro (outra pessoa), por mais individual e solitário que apresentar.

fonte: saludmental.cat